Réveillon!

Último dia do ano. É tradição ocidental passar a noite em claro, à espera do ano seguinte. Parece quase trazer mal agouro simplesmente dormir na noite da "virada". Réveillon é literalmente um momento de permanecer acordado, de despertar. Digo literalmente porque o vocábulo vem do verbo "réveiller" em francês, que significa "acordar". Se recuarmos mais um pouco no tempo, encontraremos no latim "velare" a origem da palavra. Réveillon é assim um imperativo. Um convite a fazermos vigília, a velar, a cuidar. É o equivalente de "despertemos!".
Para a maioria esse é um momento especial do ano. Muitos fazem suas retrospectivas, o balanço do ano e planejam o ano seguinte. Um momento de festas também. De solidariedade. De esperança renovada. De "resoluções do ano". O que é positivo. Mas eu preferiria um despertar definitivo e resoluções que não se volatilizassem com o Carnaval. Eu gostaria que o sentimento altruísta fosse perene em cada um e que crianças não precisassem esperar o ano todo pela ceia de Natal.  
Assim, eu desejo a todos um 2013 cheio de "réveillon". 
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Barriga de 5 meses (21 semanas)

Elias e seus desejados 4 anos

Relato de parto II - amor rima com raiva