Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Como irritar uma grávida

Já faz um tempo que prometi esse post. Imagino que a essa altura da gravidez eu já ouvi tudo o que tinha pra ouvir. Eu espero... Então aqui seguem algumas frases que poderia ter deixado de ouvir nesses últimos 9 meses.

"Como está gordinha..." ou "Engordou quanto?"
Não engordei, ganhei peso; é diferente!

"Que barriga enorme! Tem certeza que não são gêmeos?"
Isso mesmo com 9 meses de gravidez.

"Você é magrinha... será que vai ter passagem?"
Sai pra lá!

" - Você está com quantos meses?
 - 4.
 - Foi bem na época que perdi meu primeiro filho..."
Diálogo verídico! =O

"Já sabe o que é?"
Isso se referindo ao sexo. Já respondi "ser humano".

"Pela barriga é menino. Pela barriga é menina."
Bom, são sempre 50% de chance! Muito, muito chatos esses palpites que todo mundo acha que tem que ter e emitir.

"É menino? Eita, o pai é que ficou feliz, né?"
Ao que respondi: "E a mãe também, claro".

"Já …

Diário de gravidez 4 - 38 semanas

Imagem
Estou com 38 semanas e meia agora. Esse deve ser o último diário de gravidez de Elias. Em breve terei o prazer de contar do parto e dos prazeres de ter no colo meu bebê.  Fazendo o balanço desses 9 meses, posso dizer que tudo se passou tranquilamente. Houve alguns sustos graças ao erro de uma enfermeira na França, mas nada demais. A enfermeira obstetriz (sage-femme), quando fui a uma consulta apenas pra desencargo de consciência, após um exame de toque desnecessário arregalou os olhos e disse que eu estava com o colo do útero muito aberto, que néao poderia assistir às aulas, nem pegar trem, muito menos avião. Ela falava de maneira contundente, firme e forte. Como disse, seus olhos estavam arregalados. Fiquei em pânico. Eu estava sozinha, não tinha ninguém em Nantes, longe do marido. Ela me mandou pra emergência da maternidade. Saí de lá andando, sozinha, aos prantos no meio da rua. Ainda peguei dois bondinhos. Chegando lá, espera. Depois fui atendida por um enfermeiro, em seguida por…